30 de março de 2011

Salas de aula no Brasil e em alguns países desenvolvidos

          Embora não seja a solução para todos os males, a educação é o caminho fundamental para o desenvolvimento da humanidade, em todos os campos. O Brasil, mesmo tendo conseguido algum desenvolvimento na área, excetuando-se o capcioso avanço nos números, ainda tem muito a fazer. A política - ou a propaganda - do “Todos pela Educação” não é suficiente. Talvez, o dinheiro gasto em publicidade fosse mais útil se aplicado na própria melhoria da educação. São muitos os problemas a suplantar, e, neste rápido post, irei mostrar apenas um aspecto bem pontual da questão.
          Sabemos que as condições materiais de trabalho na escola pública brasileira são penosas, e,  para ilustrar isso, postei imagens de salas de aula no Brasil e em outros países, para que possamos visualizar um pouco das diferenças existentes entre países que investem e levam a sério a educação, e este país, que não parece saber  (ou não se importa) qual caminho seguir, para alcançar o nível educacional desejável.  Aqui, as salas de aula são desconfortáveis, antiquadas, superlotadas, isso quando não chegamos ao cúmulo de ter alunos estudando embaixo de árvores, a correr de animais soltos, como na imagem 2, abaixo.
          Claro que o mais importante não é o cimento frio, mas as pessoas envolvidas - antes de tudo é preciso bons professores. Mas isso não elimina a necessidade de a escola oferecer aos sujeitos envolvidos no processo, condições materiais decentes. Assim, também, não queremos que se conclua simplesmente que no Brasil não há escolas que ofereçam boas condições de trabalho, ou ainda, que os países mais desenvolvidos servem como modelo literalmente para o Brasil, ou que esses não tenham seus problemas também, na área. Não é isso. A questão é que no Brasil há um grande descaso, de que se salvam alguns, enquanto uma imensidão pena em ambientes muitas vezes indignos. O que se quer é que, DE UMA VEZ POR TODAS, se trace uma política capaz de acender a luz e tirar nossa educação da escuridão, apresentando com vivacidade as suas cores.


Embaixo da árvore
Abandonando os estudos

Condições precárias



Escola de palha no Brasil
















Escola particular no Brasil: mais organização
         

Superlotação
 

França
Japão
 
EUA



Dinamarca
 




Inglaterra
 
Alemanha

EUA

Suécia











Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
0 Comentários
Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário